Nenhuma música disponível no momento

<< Março 2019 >>
D S T Q Q S S
          1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31            

CONCERTO DE MÚSICA DE CÂMARA


07/09/2013 - CONCERTO DE MÚSICA DE CÂMARA

ARTE PIANO TRIO
Alberto Heller - Piano
Anderson Fiorelli -Violoncelo
Oliver Yatsugafu - Violino



Sábado 07/09/2013 as 20:30 h

Programa:

Astor Piazzolla (1921-1992)
As quatro estações portenhas

Verão
Outono
Inverno
Primavera

Alberto Heller (1971)
Quatro Estações

Primavera
Outono
Verão
Inverno

Os tangos que compõem As quatro estações portenhas foram escritos por Astor Piazzolla entre 1965 e 1970 e executadas primeiramente por seu famoso quinteto (violino, piano, guitarra elétrica, contrabaixo e bandoneon). Tratava-se inicialmente de tangos separados – foi somente mais tarde que Piazzolla os adaptou como suíte –, e que serão executados aqui no célebre arranjo de seu parceiro José Bragato.
Alberto Heller escreveu As quatro estações entre o final de 2012 e o início de 2013 (para piano e orquestra de cordas e em versão para piano trio). Na imagem cíclica das estações espelha-se a dialética entre tempo e existência: o mistério segundo o qual somos sempre os mesmos ao mesmo tempo em que sempre outros. Musicalmente, surgem temas que perpassam as quatro estações: eles aparecem, desaparecem, vão e voltam – sempre reconhecíveis, mas sempre transformados. Com isso, prodz-se uma experiência das estações do ano bem distinta da européia (onde as estações são definidas e contrastantes), já que no Brasil o clima e a natureza tendem a suavizar, aproximar e mesclar as diferenças. A composição dessa obra foi gentilmente comissionada por Piero Giacomini. 

ARTE PIANO TRIO

ARTE Piano Trio surgiu em Florianópolis em 2011, destacando-se no cenário musical por seu alto nível musical e técnico. É formado pelo violinista Oliver Yatsugafu (formado na Universidade da Geórgia, EUA), o violoncelista Anderson Fiorelli (formado na Escola Superior de Artes de Zurique, Suíça) e o pianista Alberto Andrés Heller (formado na Escola Superior de Música ‘Franz Liszt’ em Weimar, Alemanha).


ALBERTO HELLER

A música de Alberto Heller vem se tornando cada vez mais conhecida no cenário artístico nacional e internacional, valendo-lhe premiações e excelentes críticas. Além de graduado e pós-graduado em Música pela Escola Superior de Música ‘Franz Liszt’ em Weimar, na Alemanha, Heller é mestre em Educação, doutor em Literatura, Gestalt-terapeuta e membro da Academia Catarinense de Letras e Artes. Tem onze CDs gravados e é autor dos livros Fenomenologia da Expressão Musical (2006) e John Cage e a poética do silêncio (2011), sendo que este último recebeu em 2012 prêmio da Academia Catarinense de Letras como melhor ensaio do ano. Entre suas composições, destacam-se a Sinfonia Terra (para soprano, barítono, coro e orquestra), o Concerto Aurora consurgens (para piano, violino, viola e orquestra), As vozes da poesia (vinte poemas de autores catarinenses musicados para coro e piano) e a trilha sonora original do filme Ensaio da cineasta Tânia Lamarca.


O violoncelista catarinense Anderson Fiorelli iniciou seus estudos na Escola de Música de Videira e graduou-se na Escola de Música e Belas Artes do Paraná. Recebeu o Diploma de Concertista da Zürcher Hochschule der Künste em Zurique-Suiça, onde estudou com Roel Dieltiens. Especializou-se em violoncelo barroco com o professor Gaetano Nasillo em Milão. Participou de Masterclasses com Anner Bylsma, Jaap ter Linden, Alexande Rudin, Gautier Capuçon e Antonio Meneses. Integrou a Orquestra Sinfônica do Paraná e a Camerata Florianópolis ocupando o posto de Spalla dos violoncelos. Como solista apresentou-se a frente das orquestras: Orquestra Sinfônica de Porto Alegre, Camerata Florianópolis, Filarmônica da EMBAP, Orquestra Filarmônica da UFPR. Na Europa participa de concertos, festivais e gravações com diversos grupos e orquestras destacando o Ensemble Explorations (Bélgica), Silete Venti (Itália), Orquestra Sinfonica Verdi di Milano (Itália), Quarteto Quixote (Espanha) e o Ensemble Turicum (Suiça). Já se apresentou em importantes salas como o BOZAR de Bruxelas, a Tonhalle de Zurique e o Arcimboldi de Milão. Entre 2010 e 2013 lecionou em projetos sócio pedagógicos em Santa Catarina e no Paraná, destacando o seu trabalho com a classe de violoncelos da Escola de Música de Videira e a direção da Camerata Videira. Atualmente é violoncelista do Arte Piano Trio e do Villa Duo. Além disso é mestrando do curso de violoncelo barroco na classe de Kristin von der Goltz na Escola Superior de Artes de Munique.


Oliver Yatsugafu - Violino

Doutor em Artes Musicais, tendo como área principal violino e área complementar viola (2011), é Mestre em Música - Performance em Violino (2007) pela Universidade da Geórgia (UGA, EUA). Começou seus estudos de violino aos 11 anos de idade com Jeferson della Rocca e, dois anos mais tarde, passou a ser aluno de Paulo Bosísio, seu mestre até 2005. Graduou-se Bacharel em violino (2001) pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, na classe de Marco Damm. O violinista conquistou destaque no Brasil ao ganhar os primeiros prêmios de alguns dos principais concursos nacionais para jovens instrumentistas, como o VIII Concurso Nacional de Juiz de Fora (MG, 1999) e o IV Concurso Petrobrás Pró-Música para jovens solistas (RJ, 2003). De 2005 a 2011, Yatsugafu foi aluno e assistente de Levon Ambartsumian e recebeu uma bolsa de estudos da UGA. Neste período, venceu o Concerto Competition (UGA, 2006), apresentou-se com a orquestra ARCO na prestigiada sala Weill Recital Hall do Carnegie Hall (Nova Iorque, 2008) e gravou vários CD's, dentre eles: The Seasons e Haydn & Mozart. Desde 2007, tem desenvolvido um significativo trablho musical com a Camerata Florianópolis, atuando como solista em sua turnê pela Itália (2007) e assumindo, em 2011, as funções de Spalla, Diretor Artístico e Maestro Assistente da Orquestra. Integra também o Arte Piano Trio e responde pela Direção Artística da Oficina de Cordas de Santa Catarina. Além do Brasil e dos Estados Unidos, tem se apresentado em países como Itália, Portugal, Áustria, China, Japão e Austrália. Como camerista, tem atuado ao lado de músicos de destaque, como os violisnistas Levon Ambartsumian e Shakhida Azimkhodzaeva, os pianistas Anatoly Sheludyakov e Alberto Heller, o violoncelista David Starkweather e o contrabaixista Milton Masciadri. Como solista, tem se apresentado junto a renomadas orquestras, executando grandes obras do repertório violinístico, dentre elas os concertos de M. Bruch, de P. Tchaikovsky, N. Paganini, A. Kattchaturian, J. Brahms e J. Sibelius, sob as batutas de maestros como Pate Frank, Mark Cedel, Luis Petri, Boyko Stoianov, Roberto Tibiriça, Jeferson Della Rocca e Levon Ambartsumian. Oliver estreou várias obras contemporâneas, como a Sonata para Violino e Piano do norte-americano T. Rumsey (2009) e Sketch 1 e Sketch 2 para violino solo da coreana Ji Eun Moon (2010).

Entrada permitida para maiores de 14 anos ou para estudantes de música de qualquer idade.

Os ingressos estarão a venda no site e lojas Blueticket
(Beira Mar Shopping / nas lojas Multisom no Shopping Iguatemi, Floripa e Beira Mar) / Loja Cheia de Graça (no Centro, na Lagoa da Conceição e Ingleses) e Osklen em Jurerê Internacional.

E no Auditório Jurerê Classic 
De segunda a sexta-feira das 13:30 as 18:00 h

Ingressos :

R$ 40,00 inteira
R$ 20,00 meia entrada


Qualquer dúvida entre em contato através do e-mail
secretaria@auditoriojurereclassic.com.br

(48) 96479911
E de segunda a sexta-feira das 13:30 as 18 h no fixo (48) 32822203
No dia do Concerto a partir das 17:30 h




Voltar
Rua dos Lambari-Guaçu, 437 - Jurerê Internacional - FLORIANÓPOLIS - SC (BR)
Fones: +55 (48) 3282 2203 / 99918 5958